MENU

Assoeva vence Magnus e est nas semifinais da Liga

Ceclia e Monterey do o pontap inicial da Taa

Venncio Aires Crédito: Veridiana Rhsler / RVA

Eduardo Kappel se pronuncia na Cmara sobre udios em que, supostamente, negocia venda de sentena com traficante

Depois de quatro semanas seguidas sem perodo das comunicaes, os vereadores puderam falar na tribuna nesta segunda

Depois de quatro semanas seguidas sem período das comunicações, os vereadores puderam falar na tribuna nesta segunda-feira, 30. Com isso, ocorreu a primeira manifestação do vereador Eduardo Kappel, do PP, depois do início das investigações sobre suposto envolvimento em venda de sentença para um traficante de drogas.

O caso se refere aos áudios que circularam no aplicativo de mensagens WhatsApp e que chamaram atenção da comunidade. O assunto foi pauta, inclusive, na imprensa nacional. E só na noite desta segunda-feira sobrou tempo na sessão da Câmara para que o vereador pudesse se manifestar a respeito. 

O vereador explicou a situação em que aparece citando o nome do desembargador do Estado, Rinez Trindade - que é irmão de Kappel. Ele creditou aos integrantes do PDT (partido de oposição na Câmara) a grande divulgação feita do caso. 

A bancada do PDT na Câmara, formada pelos vereadora Ana Cláudia do Amaral Teixeira, Sidnei Ferreira e Tiago Quintana, já havia protocolado pedido para que o Legislativo se manifestasse sobre o caso e que fosse retirado de Eduardo Kappel o cargo de ouvidor da casa. Ana Cláudia, líder de bancada do PDT na Câmara, falou em nome do partido no uso da tribuna, rebatendo as críticas de Eduardo. 

O caso é investigado pelo Ministério Público em Porto Alegre e, também, analisado no Tribunal de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Rio Grande do Sul.

Confira áudio na íntegra no Facebook.

 

Tags: